Quarta-feira, 12 de Setembro de 2007
História do Tibete

Hj ao ouvir a notícia de que o Dalai Lama, na sua visita a Portugal, ñ iria ser recebido nem plo Governo nem plo Presidente da República, deu-me uma revolta mta grande. Por esse facto, decidi postar alguma informação sobre o Tibete e o Dalai Lama, recolhida essencialmente na Wikipédia e num jornal gratuito e no final dar a minha opinião sobre essa recusa dos nossos dirigentes.

História do Tibete - in Wikipédia

 

"A história do Tibete começa cerca de 2.300 anos atrás quando em 127 ªC. uma dinastia militar se fixou no vale de Yarlung. Esta dinastia reinou sobre o país durante cerca de oito séculos. Após centenas de anos voltados para campanhas militares que investiam sobre as terras vizinhas, em 617 o Imperador Songtsen Gampo - o 33º rei do Tibete – começou a transformar a civilização feudo-militar em um império mais pacífico. Seu reinado durou até 701, e seu legado foi imenso. Criou o alfabeto tibetano; estabeleceu e escreveu o sistema legal tibetano baseado no princípio moral, que naquela época já mencionava a importância da protecção do ambiente e natureza; patroneou o budismo e construiu vários templos, dentre eles o Jokhang e o Ramoche.

Seus sucessores continuaram a transformação cultural, custeando traduções e criando instituições. O próximo rei do Tibet foi Tride Tsukden (704 – 754), pai do futuro rei Trisong Detsen.

A partir do século VII, torna-se o centro do Lamaísmo, religião baseada no budismo, que transforma o país num poderoso reinado. Motivo de cobiça dos chineses desde o século XVII, quando é declarado território soberano da China, o Tibete luta durante séculos pela independência, obtida em 1912.


O Tibete é hoje considerado pela China como uma região autónoma chinesa (Xizang).

 

Em 1950, o regime comunista da China ordena a invasão da região, que é anexada como província. A oposição tibetana é derrotada numa revolta armada, em 1959. Em consequência, o 14° Dalai Lama Tenzin Gyatso, líder espiritual e político tibetano, retira-se para o norte da Índia, onde instala um governo em exílio.

O país torna-se região autónoma da China em setembro de 1965 contra a vontade popular. Entre 1987 e 1989, tropas comunistas reprimem, com violência, qualquer manifestação contrária à sua presença. Há denúncias de violação dos direitos humanos pelos chineses, resultantes de uma política de genocídio cultural. Em Agosto de 1993, iniciam-se conversações entre representantes do Dalai Lama, prémio Nobel da Paz em 1989, e os chineses, mas mostram-se infrutíferas.

Em Maio de 1995 é anunciado, pelo Dalai Lama, o novo Panchen Lama, o segundo na hierarquia religiosa do país: Choekyi Nyima, de 6 anos. O governo de Pequim reage e afirma ter reconhecido Gyaincain Norbu, também de 6 anos, filho de um membro do Partido Comunista, como a verdadeira encarnação da alma do Panchen Lama. Ugyen Tranley, o Karmapa Lama, terceiro mais importante líder budista tibetano, reconhecido tanto pelo governo da China como pelos tibetanos seguidores do Dalai Lama, foge do país em Dezembro de 1999 e pede asilo à Índia. A China tenta negociar seu retorno, mas Tranley, de 14 anos, critica a ocupação chinesa no Tibete.

A causa da independência do Tibete ganha força perante a opinião pública ocidental após o massacre de manifestantes pelo Exército chinês na Praça da Paz Celestial e a concessão do Prémio Nobel da Paz a Tenzin Gyatso, ambos em 1989. O Dalai Lama passa a ser recebido por chefes de Estado, o que provoca protestos chineses. No início de 1999, o governo chinês lança uma campanha de difusão do ateísmo no Tibete. A fuga do Karmapa Lama causa embaraço à China.

A ‘ONG Students for a free Tibet’ luta há alguns anos para tentar livrar vários tibetanos que foram presos injustamente pelo governo chinês."

Joana

 

 

sinto-me: Revoltada
publicado por Joana às 16:30
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De jose a 16 de Setembro de 2007 às 14:06
a visita a portugal deste representante do povo tibetano, é para mim um marco na história universal.
na verdade ele não vem pedir nada ao governo português, não pediu para ser enviadas tropas para uma qualquer guerra, a exemplo do que pedem outros lideres politicos que a pretexto de suas convicções politicas se arvoram de representantes de povos, onde graça a corrupção,o egocentrismo, de lideres que se passeiam no mundo vip, só porque suas fortunas,a maior parte das vezes roubadas dos cofres dos paises de onde são oriundos, representam por si só um enorme espólio pronto a comprar armas que servem só pra defesa de seus interesses quantas vezes obscuros.
Não prewtendo dar opinião sobre se um representante politico deveria ou não receber este lider espiritual, mas quantos lideres espirituais têm sido recebidos?já sei,a resposta!! ele não representa um interesse económico para o pais, já que muito dificilmente conseguiriamos vender alguma coisa ao tibete.
é melhor oferecer 6000 mil garrafas de agua por dia, comida quanto baste, e sobre, a pessoas que ganham o dinheiro dos contribuintes e ainda por cima, os temos de alimentar sem retorno nenhum. como diziam num noticiário...recebê-los bem pra que voltem pra tomar o sol português...santa ignorância..e o povo português ainda tem de comer os restos... bem não vale a pena continuar a bater nestes senhores, pena que o povo admita todas estas barbaridades...mas Deus é grande! na verdade, se pensam que o mundo só acaba para os pobres, tirem o cavalinho da chuva ,porque irão na mesma enxurrada.....
De Joana a 17 de Setembro de 2007 às 16:44
Concordo plenamente c o teu comentário.
O problema ñ tá em o Dalai Lama ñ tem sido recebido por um representante do Governo, devido à sua visita a Portugal. O problema tá, sim, em q ele pediu uma audiência c o Governo e foi-lhe negada.

Joana

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. A Primavera

. 1 Ano Depois

. Separação Temporária!?

. Tenho saudades!

. Adeus Amiga!

. Fim de Semana Agradável

. Pouco em comum...

. Mal Entendidos, Kem Os Nã...

. Doidos!... Mãe e Filho!

. "Crise" de quê????

.arquivos

. Maio 2011

. Março 2010

. Setembro 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Maio 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds