Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007
Será q foram férias?

E cá tou eu de volta! Mais cansada do que quando fui de férias.

Será q foram mm férias?

No 1º dia de férias (dia 13 de Agosto), a minha mãe (com 84 anos) entra de urgência no Curry Cabral com o cotovelo partido. Foi operada dia 15 e saiu dia 21.

Portanto as minhas férias foram passadas a caminho do hospital, pra dar jantar e por vezes lanche, já q se ninguem lhe desse ela tb ñ comia. O almoço era dado pla pessoa q normalmente toma conta dela, q foi impecável, dando o seu melhor, numa altura em q tds nós precisávamos.

Vim trabalhar dia 28. Resumindo, sobraram 6 dias de férias. Nada mau! Melhor q nenhum! E o importante é q td correu bem, ela já tirou os pontos e tá fresca e airosa como antes da operação.

Noites houve em q me custou adormecer, preocupada c a maneira como era “tratada” no hospital. Já lá trabalhei e tinha uma boa ideia dakele hospital, mas agora tenho uma mt má ideia. No S.O., onde teve 3 dias, foram impecáveis. Já na enfermaria, ñ se pode dizer o mm, principalmente nos 1ºs dias.

Ela é diabética e está c alzeimer, embora fisicamente esteja mto bem, mas mentalmente está praí 90% do tempo num mundo só dela.

Ontem, eu e a Sra. q toma conta dela, tivémos a contar os comprimidos q deixámos no hospital e q ela tem q tomar tds os dias de  manhã e ao jantar, pra q o alzeimer ñ evolua.

Em 9 dias deveria ter tomado 18 comprimidos e só tomou 11.

A meio da manhã era-lhe deixado um iogurte, visto ñ poder tar mto tempo sem comer, devido a ser diabética. Mas ninguém lho ía dar, embora ela estivesse c um braço engessado e o outro amarrado. No 1º dia nem o comeu. Nos dias seguintes foi uma doente da mm enfermaria q lho deu sempre.

Será q os impostos q pagamos ñ são suficientes pra q as pessoas sejam tratadas razoavelmente?

E o q acontecerá daki a alguns anos, qd as pessoas da minha geração (tenho 44 anos) já estiverem na 3ª idade?

Se a minha mãe ñ tivesse ninguém a apoiá-la enqt esteve internada, provavelmente tinha saído de lá mto debilitada, o q na idade dela poderia ter sido fatal.

Vi dar de comer, se é q se pode chamar ákilo “dar de comer” a uma sra. q tinha o cólo do fémur partido e por isso ñ se conseguia sentar, e o q eu vi ñ me agradou mm nada.

Desde perguntar a uma pessoa q ta deitada, pq é q ñ consegue comer pla propria mão, até dizer pra comer depressa pq ñ tinha tempo pra tar ali, resultando q a sra. ñ kis comer quase nada pra ñ empatar tempo, até mm ralhar pq a senhora tava a comer a fruta mto depressa... Enfim, no q é q ficávamos? Era pra comer depressa ou ñ?

Desumanidade é o q ñ falta nos nossos estabelecimentos de saúde. As pessoas, ñ todas, felizmente, vão para ali pelo dinheiro e ñ pela vocação e isso é péssimo, principalmente pra kem está completamente dependente, por uma razão ou por outra.

Vamos esperar q as coisas ñ piorem, já q ñ acredito q melhorem.

 

Joana
sinto-me: Cansada
publicado por Joana às 12:43
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. A Primavera

. 1 Ano Depois

. Separação Temporária!?

. Tenho saudades!

. Adeus Amiga!

. Fim de Semana Agradável

. Pouco em comum...

. Mal Entendidos, Kem Os Nã...

. Doidos!... Mãe e Filho!

. "Crise" de quê????

.arquivos

. Maio 2011

. Março 2010

. Setembro 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Maio 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds